Meditações demográficas

Hoje, que O Globo traz uma matéria sobre crescimento populacional, não dá para não pensar que há quem ache ecológico não ter filhos, e que se preocupe com o (ou a) carbon footprint de cada pessoa. Ao mesmo tempo, esse quem quer o protagonismo estatal, quer aposentadorias etc. — afinal, garantias sociais = civilização ocidental, não é mesmo? Mas essas garantias só podem ser pagas pelas gerações futuras, sejam elas gerações de nacionais ou de imigrantes. Agora, e o controle populacional? E a ecologia? Posso propor que a Planned Parenthood discuta a questão da previdência ecologicamente responsável?

Autor: Pedro Sette-Câmara

www.pedrosette.com