Fosse eu o marqueteiro do PSDB…

…diria que Dilma Roussef vai trazer de volta a inflação. Para ser bem sincero, eu acho que a inflação era o grande flagelo do Brasil, que a única coisa que traz satisfação a todos os brasileiros (até uma certa idade) é o controle da inflação. A inflação era a peste negra, a praga do Egito. Sei que essa percepção também faz de FHC uma espécie de herói que matou o dragão (ah, era o Collor que falava em “matar o dragão da inflação”), mas consigo suportar com a maior boa vontade com o culto da figura de um ex-presidente se isso ajudar a manter a inflação controlada. Afinal, muitas liberdades foram preservadas nos EUA graças ao culto das figuras de meia dúzia de senhores de escravos que tiveram o apoio da monarquia absolutista francesa. Bem-vindos ao mundo real, amigos liberais idealistas. E não me chamem de cínico, que eu creio em Deus, não no homem.

Enfim. Eu mostraria filmes com pobres tendo perda real de renda por causa da inflação, sem poder pegar ônibus, sem poder fazer nada. O governo diz que vai desenvolver e transforma o país em paraíso de especuladores. O governo é cúmplice dos especuladores e vai trazer a peste de volta, para aniquilar o povo. Entra então uma cena de Dilma Roussef rasgando a “Carta ao povo brasileiro”, do próprio PT. Pronto, aí está o bode expiatório, o Judas Iscariotes.

Autor: Pedro Sette-Câmara

www.pedrosette.com