Da necessidade da prevenção da opinião adolescente

No suplemento juvenil do Globo, o Megazine, adolescentes de 15 ou 16 anos opinam sobre tudo: a guerra no Iraque, a legalização das drogas, políticas públicas de controle de natalidade. Daí que eu perceba que os principais culpados por qualquer idiota achar que sua opinião tem valor são a imprensa e a escola, que estimulam infantes a se pronunciar sobre assuntos graves sem sequer ler a respeito, o que enfim acaba lhes parecendo normal. “Dar uma opinião” é tão fácil quanto “dar uma ida à praia” ou dar qualquer outra coisa, e já parece muito mais fútil tentar estimular a abstinência de opiniões entre os adolescentes do que o sexo.

Autor: Pedro Sette-Câmara

www.pedrosette.com

Um comentário em “Da necessidade da prevenção da opinião adolescente”

Os comentários estão encerrados.