As indignações eletivas

Tenho que fazer coro com o André: onde está a indignação com o enforcamento recentemente realizado pelo governo do Irã?

Aliás, pessoalmente, não tenho uma opinião precisa sobre a pena de morte. Tendo a ser a favor – aliás, como São Tomás de Aquino e Santo Agostinho. Não me venham com o sofisma de que há uma contradição em ser contra o aborto e a favor da pena de morte: isto é fingir que não se sabe a diferença entre um feto inocente e um criminoso culpado.

Sim, porque eu acredito em culpa individual. Quando vejo alguém dizer que a culpa é da “sociedade” não apenas me sinto como Ruy Goiaba como sinto vontade de perguntar, à moda de Alexander Herzen: se vocês não acreditam em Deus, por que acreditam nesta entidade abstrata que é a sociedade?

E, se digo que apenas tendo a concordar com a pena de morte, é porque sempre desconfio da autoridade, e acho prudente dar-lhe o mínimo de poder.

Autor: Pedro Sette-Câmara

www.pedrosette.com