Após ouvir contar algo horrível

Razões tão complicadas
para atos maus tão simples;
sempre soube que o mal
é o esforço da ausência,
nunca a ausência de esforço.

Existe a natureza,
e também a moral;
não são coisas distintas,
ou só logicamente.
No mundo estão unidas.

Posso dizer que há o ser
como há o ser que pensa
mas nenhum intervalo
se coloca entre os dois,
só na imaginação:

o campo de batalha,
o campo de recreios.
Mas mesmo aqui resisto –
a vida não é sonho,
nem escolhas sonhadas.

15 de julho de 2003, 1h22 AM

Autor: Pedro Sette-Câmara

www.pedrosette.com